Pre-Tribulacionismo 

Pré-Tribulacionismo ou (Dispensacionalismo Clássico)

 

Quando Jesus prometeu aos Seus discípulos: “Eu voltarei” (João 14:3), Ele criou uma esperança que têm ardido no coração de quase todos os cristãos por mais de 2.000 anos.

E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também. João 14:3

 

Nessa visão defendemos que a volta de Cristo se divide em duas etapas: secretamente para buscar a Igreja, onde haverá o arrebatamento dos santos, e também uma volta de Cristo em glória, sendo visível a todos, após o período de grande tribulação. É por conta desse arrebatamento secreto que sustentamos a posição chamada de Pré-Tribulacionismo ou dispensacionalismo clássico

Os Pré-Tribulacionistas estão, ou pelo menos deveria estar diretamente ligado ao Dispensacionalismo Clássico, e ao método futurista e literal de interpretação do Apocalipse, embora compreendemos que nem todos os pontos da doutrina apocalíptica possam ser interpretados como literal, admitimos que em alguns pontos são também tratados de maneira alegórica.

 

No Pré-Tribulacionismo, geralmente existe uma completa distinção entre a Igreja e Israel. Como aceitamos em nossa denominação a doutrina pré-tribulacionista, sabemos por esta doutrina que, basicamente, Jesus veio para os judeus, porém os judeus O rejeitaram (João 1.11-12), e, então, ele suspendeu temporariamente seus planos para Israel, e é aí que aparece a Igreja, os crentes alcançados pelo tempo da GRAÇA de Deus, na história. Isso não nos faz considerar que Deus esqueceu Israel. Como Paulo explica em Romanos 9 entendemos que este é o período dos gentios e da Igreja do Senhor Jesus, porém Deus ainda voltara a tratar com Israel.

 

Portanto, como existe um plano especial para Israel, é aí que temos entendimento, e diferenciamos dos demais pontos de vista onde cremos que a Igreja será tirada da terra antes da grande tribulação, que será um período onde a ira de Deus será derramada sobre os ímpios que ficaram na terra, e também um momento especifico de Deus para com a nação de Israel.

O pré-tribulacionista, acredita que existe essa distinção entre os dois povos, e a Igreja não tem nada a ver com o tratado de Deus a respeito de Israel, então ela não poderá estar na terra nesse momento. Esse período de grande tribulação para nós durará sete anos, considerando uma visão de interpretação das setenta semanas de Daniel (Dn 9) e um esquema de leitura do livro do Apocalipse.

 

Os textos mais utilizados para defendermos o arrebatamento pré-tribulacionista são: Romanos 8:1, 1 Coríntios 15:51, 1 Tessalonicenses 1:10; 4:17; 5:9 e Apocalipse 3:10, entre outros. O argumento muito usado por nós, é que, após o capítulo 3, a palavra (Igreja) não é descrita no livro de Apocalipse até aparecer novamente no final do livro. Dentro dessa linha de interpretação, durante o período de grande tribulação a Igreja estará no céu participando das Bodas do Cordeiro. Enquanto aqui na terra, estarão aqueles que não tiveram parte na primeira ressurreição, os ímpios e judeus.

 

Neste tempo, entendemos que Deus poupara seu povo fiel, aqueles que não se mantiveram dominados pelo mundo, nem por suas concupiscências.

Segundo o que Paulo explica vamos nos encontrar com Senhor nos ares (1 Ts 4.17), mas, antes que nos encontremos com Ele nos ares, acontecerá algumas coisas, como:

 

A - Aqueles que já dormem (morreram em Cristo) e foram fiéis a Deus durante sua vida, serão ressuscitados primeiro e já terão seus corpos transformados – 1 Ts 4.16. / Apoc. 20.6

- Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. 1Tessalonicenses 4:16

- Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre estes não tem poder a segunda morte... Apocalipse 20:6
------------------------------------

B - Ao mesmo tempo que primeiro ocorre a ressurreição dos mortos em Cristo, os crentes vivos serão transformados, serão revestidos da imortalidade. 1 Co 15:51-53 / 1 Co 15:52.

 

- Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados. 1Coríntios 15:51

 

- Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade, e que isto que é mortal se revista da imortalidade. 1 Coríntios 15:53

 

E como será isso, a Bíblia ensina que tudo será como um abrir e fechar de olhos. Num momento, (num abrir e fechar de olhos), ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados. 1Coríntios 15:52. Jesus adverte que será como um ladrão de noite, não terá tempo para se arrepender, e voltar a praticar algo correto. Será repentinamente.

 

Este é um breve histórico do que cremos, que será passado e estudado com nossa igreja aqui em São Lourenço a partir deste domingo dia 12-01-2020.

 

Deus abençoe a todos.

Pr. Adélcio Ferreira – IBP – MG

Copyright © 2018 / Igreja Batista da Provisão. Todos os direitos Reservados. Permitida a reprodução/publicação de textos, artigos e afins, desde que citada a fonte. Logos e registros da IBP é de uso restrito e exclusivo da Igreja Batista da Provisão.