top of page
not-9233-20221125062723.jpg

𝐏𝐨𝐥𝐢𝐭𝐢𝐜𝐚 𝐗 𝐑𝐞𝐥𝐢𝐠𝐢ã𝐨 𝐞 𝐅𝐮𝐭𝐞𝐛𝐨𝐥

A alegria de ser brasileiro se volta na euforia entre esses 3 assuntos. Ontem comentei com um amigo. Os manifestantes sumiram... foram ver o jogo do brasil ele disse.

Um cristão se diverte de um jeito ou de outro quando se envolve com um desses 3 assuntos sem afugentar o fanatismo, mesmo dizendo que não é fanático(a). O anfiteatro Romano e sua arena foram criados para diversão dos fanáticos romanos da época.

A regra era se divertir em cima do custo das mortes alheias. Levar os filhos, as mulheres para ter sangue nos olhos enquanto inocentes pessoas morriam devoradas por leões, ursos, animais ferozes ou a espada dos gladiadores que traziam a diversão aos crentes desviados e aos lunáticos romanos.

Crentes desviados pastor? Sim, pois os verdadeiros não aceitaram sentar num banco daquela arena sangrenta e gritar diante das mortes ali cometidas.

Jamais um cristãos gritava ou ficava eufórico em terreno sangrento, onde sangue inocente fora derramado. Você e eu teríamos ficado boquiabertos, diz Eusébio, o historiador e vivenciador daquela época, diante da firme intrepidez daqueles santos campeões, e da fortaleza impassível demonstrada por pessoas da mais tenra idade.

Podia-se ver jovens, que ainda não haviam completado vinte anos, resistirem imóveis no meio da arena, enquanto oravam a Deus com fervor, e não se retraiam de onde estavam nem mesmo quando os ursos e leopardos, respirando ira e morte, quase lhes tocavam o corpo com o focinho. Vamos para nosso mundo atual e façamos aqui uma analogia.

Como crentes que alguns dizem ser gritando o refrão da época Pão e Circo é o que desejamos. Na verdade muitos de nós não defendemos nada, nem mesmo a causa de Cristo, somos só uma massa de manobra nas mãos dos poderosos.

Não estranhe se algum dia você estiver dentro de uma arena e alguns desses crentes que hoje gritam e sambam em cima de mais de 6500 almas que morreram no Catar, na preparação de Pão e Circo, estiverem na arquibancada gritando morte aos cristãos.

A vida ela tem um só valor. Começa na concepção, o mesmo cristão que diz ser a favor da vida, só por que ela esta no ventre, e escravos trabalhadores mortos para preparar ¨pão e circo¨ para nós não é considerado um ser humano, precisa se avaliar, e decidir qual cristo está servindo. Pois já muitos cristos tem sido adorado por ai.

O evangelho de hoje não produz mais cristãos genuínos. Produz massas de manobra, que uma hora gritam por política , outra gritam por futebol, outra vez gritam por religião. Nossos irmãos nos deixaram um legado lindo, que não mais é louvacionado pelos atuais cristãos dessa geração. Afinal; TAMBÉM NÃO PRECISA SER ASSIM NÃO.

Ainda com Eusébio, esse diz em seu livro: Um urso, que devorara três homens naquele dia, agachou-se aos pés de Andrônico, e pôs-se gentilmente a lamber-lhe as feridas, não se importando que o mártir lhe puxasse os pelos numa tentativa de irritá-lo. Ja pensou nisso. O cristão quer ir logo para junto de Cristo. Que coisa linda, maravilhosa... é de arder a alma cristã e de dar um nó na cabeça dos que não entendem de Reino de Deus.

Isso, continua Eusébio, deixou enfurecido, o governador que ordenou os lanceiros a transpassar o urso. Terentiano, o organizador dos jogos, temendo a ira do tirano, tratou de garantir o sucesso da carnificina, determinando que uma leoa trazida de Antioquia por Herodes fosse solta sobre os mártires. Porém, para terror dos espectadores a leoa pôs-se a saltar no lugar onde estivera reclinada, e quando finalmente puderam trazê-la até os mártires, ela abaixou-se diante de Trácio, portando-se mais como um cordeiro que como uma leoa.

Isso chama-se Reino de Deus. Então nessa humilde crônica te convido a uma avaliação pessoal sem críticas, nem respostas ásperas pois sei que as tem. Afinal, quem não tem temor, tem respostas.

Só nos analisemos: Quem realmente somos, e estamos sendo. O que temos gritado e ansiado nesse mundo moderno. Ate onde vai a nossa justiça como cristãos. Ela só favorece a nossos anseios? Nossa vida será sempre assim: Pão e Circo, e onde a banda tocar estaremos lá.

Afinal Política X Religião e Futebol não se discute, comamos e bebamos por que amanhã morreremos.

𝐏𝐫. 𝐀𝐝é𝐥𝐜𝐢𝐨 𝐅𝐞𝐫𝐫𝐞𝐢𝐫𝐚 - 𝐈𝐁𝐏𝐌𝐆

bottom of page