top of page
pirataria-e-pecado-og.jpg

Aqui em nosso caso a pirataria é o ato de copiar artigos evangélicos com o fim de comercializá-los mais barato e obter assim lucro em cima do trabalho de algum homem ou mulher de Deus. Este que por sua vez lança no mercado algum artigo relacionado à Palavra de Deus.

Segundo a ABPD (associação Brasileira de produtores de discos) na totalidade de CDs vendidos em nosso País a pirataria tinha uma proporção em 1997 de 3%. Passados alguns anos em 2002 já era de 59% o índice de pirataria. Neste tempo somente perdemos para China e Rússia em termos de pirataria. Agora irmão na estendendo muito no mundo secular seria correto um cristão fazer parte de tal ato? Em vez de adquirir um CD ou DVD, ele ir pro seu computador e fazer copias para si ou adquiri-los nas ruas através deste que praticam a pirataria. Ou até mesmo praticar o ato de copiá-los e vendê-los em local público?

Creio que muitos vão ate dizer: Não tem nada haver pastor. Estamos nos tornando tão insensatos com os erros que ate já podemos achar quem pensa ser isso normal. Uma vez perguntei a um programador de computadores se eu fizesse somente uma copia pra mim seria ainda pirataria. E ele me disse que sim. Pirataria sem fins lucrativos. Interessante, ele não é cristão.

Outra vez estava procurando um programa na internet para fazer um trabalho em nosso site. Não o encontrei. Então busquei em alguns fóruns pra ver se alguém tinha alguma dica de como encontrá-lo. Mais recebi uma resposta semelhante a que já esperava. Este programa não se encontra grátis. Mais se você procurar em sites de piratarias poderá achá-lo. Mais saiba que é errado e pode dar problemas. Então vemos hoje, nós o povo de Deus e pergunto: Como devemos agir? Já que isso é errado. Devemos continuar dando ênfase positiva a pirataria ou devemos dizer um não a isso?

Claro que não vamos achar uma palavra na Bíblia dizendo especificamente (pirataria). Mais podemos fazer uso sim de um verso que muitos usam em seus artigos. “Ai daquele que edifica a sua casa com injustiça e os seus aposentos, sem direito! Que se vale do serviço do seu próximo, sem paga, e não lhe dá o salário” (Jr 22.13). Podemos ate não querer aceitar isto como sendo diretamente a nós. Então vamos para o lado social cristão. Onde cada cristão deve respeitar as autoridades e leis de seu País. “Todo homem esteja sujeito às autoridades superiores; porque não há autoridade que não proceda de Deus; e as autoridades que existem foram por ele instituídas” (Rm 13.1). Já que pirataria é proibida por lei seria justo o cristão desrespeitá-la. E ainda a Bíblia diz que todos devem receber aquilo que lhes é direito. “Pagai a todos o que lhes é devido: a quem tributo; Tributo ; a quem imposto, imposto; a quem respeito, respeito; a quem honra, honra”( Rm 13.7).

Além de envolver uma máfia poderosa por detrais destes artigos devemos considerar que é errado financiar este mercado. Se for errado logo podemos concluir que é pecado. É claro que podemos ter consciência de que a pirataria evangélica não chega nem perto da pirataria que envolve a musica secular. Mais com o crescimento dos evangélicos no mundo logo teremos este problema mais agravado. Mas se voltarmos nossos olhos para Deus certamente vamos boicotar esta prática. Muitos alegam ate o ato praticado por serem muito caro os artigos evangélicos. Mais vemos em nossas igrejas membros usando um tênis ou uma roupa que lhe custou um absurdo. Mas não há reclamação quanto a isso. Este/esta vai e compra. Não medi pelo valor e sim por estar bem, ou na moda. Faça isso com os artigos evangélicos que você deseja adquirir. Ou melhor, economize um pouco. Junte o dinheiro etc. Com certeza você conseguirá comprar um artigo original. Ficará tranqüilo. Em paz com Deus e com os homens.E ainda abençoará seu irmão.

Conclusão:
Nossa visão e fazer com que este tipo de crime esteja sendo desfeito no meio evangélico. Devemos combater esta praga que tanto desagrada a Deus como também é uma injustiça com nossos irmãos. Uma vez um irmão me disse: pastor isso não tem nada de errado não. Eu disse a ele: meu irmão você me disse que deseja ser um grande cantor, e enviar sua voz ao mundo todo, não e isso? Ele me disse: sim pastor. Então disse a ele: Quando você estiver onde Deus quer te colocar, você me manda um de seus CDs somente. Eu vou copiá-los e distribuir a igreja em vez de vendê-los. Ai ele me disse: Também não é assim pastor. Eu vou precisar deste meio para meu sustento.

Qual é a diferença amados? O problema é que quando não mexem com o que é nosso; pouco importa quem esta sendo prejudicado.

Vamos colocar a mão na consciência e dizer não a Pirataria.

Que o Senhor nos abençoe.

Pr Adélcio Ferreira - IBPMG

bottom of page