Quem são os ungidos do Senhor

O Ungido do SENHOR

 

Um breve relato sobre este assunto.

Na Bíblia é possível ver que quando uma pessoa era ungida, ela recebia autoridade significando que ela era escolhida por Deus. Era uma coisa que acontecia com reis, e profetas no Antigo testamento. No novo testamento as letras XPTO é a abreviação de Christus (CRISTO) em nossa língua, palavra que tem origem no grego e significa UNGIDO (Jesus Cristo = Jesus o Ungido), aquele que recebeu a unção de Deus.

 

Antigo testamento: Profetas eram ungidos, sacerdotes e reis também significando que estes traziam a semelhança de Cristo (Ungido) em seu viver. Eram separados pela unção produzida de óleo aromática especialmente para este oficio, autoridade, poder, trazendo assim a imagem, semelhança daquele que havia de vir. O Único e verdadeiro Ungido do Senhor (Cristo), o Verbo de Deus que Reina sobre todas as coisas. Pois a Escritura diz: Indagando que tempo ou que ocasião de tempo o Espírito de Cristo (Ungido – Grifo meu), que estava neles, indicava, anteriormente testificando os sofrimentos que a Cristo haviam de vir, e a glória que se lhes havia de seguir. (1 Pedro 1:11).

 

Embora estes figuradamente convertidos a Cristo (Ungido), por meio da unção com óleo santo, nem sacerdotes, nem reis, nem profetas tiveram tão alto e sublime poder de impacto na humanidade toda como o Cristo (ungido) de Deus obteve. Pois pelo menos, podemos afirmar biblicamente que nenhum deles foi aclamado mundialmente como o Cristo (Ungido) de Deus, o é. A força do óleo ungido, não foi capaz de trazer esta aclamação mundial, como o Verbo de Deus foi capaz. Pois, Ele o Cristo (Ungido) de Deus não foi, nem será aclamado por honra humana, nem por descendência sacerdotal humana, embora venha de uma, nem seria levado a dignidade por ser uma pessoa muito boa entre os homens. Mas, Deus o Pai o concedeu este título. Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome; Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai. (Filipenses 2:9-11). Embora os profetas figurassem, e neles habitasse Cristo (Ungido) figurando a vida do verdadeiro Cristo (ungido) de Deus, não receberam a total honra designada a Jesus, o nosso salvador. Eles sabiam disso, que eram sombras daquele que viria.
---------------------------
Novo testamento:

 

No novo testamento não há mais esta prerrogativa dada à homens, embora alguns façam uso dela (UNGIDO). No novo testamento, o Salvador Jesus Cristo (XPTO=Ungido) é o único digno deste título. A unção que Ele recebeu não foi preparada com substâncias aromáticas, mas, o próprio Espirito de Deus o ungiu. Isaias trazendo sobre si mesmo as marcas de Cristo, o (Ungido) do Senhor profetizou: O espírito do Senhor DEUS está sobre mim; porque o SENHOR me ungiu, para pregar boas novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos; A apregoar o ano aceitável do Senhor e o dia da vingança do nosso Deus; a consolar todos os tristes; (Isaías 61:1-2). E em tempo oportuno como disse Paulo aos Gálatas o próprio Cristo (Ungido) de Deus confirmou sobre Ele mesmo, o Verbo de Deus esta unção. Ele disse: O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me ungiu para pregar boas novas aos pobres. Ele me enviou para proclamar liberdade aos presos e recuperação da vista aos cegos, para libertar os oprimidos e proclamar o ano da graça do Senhor. Então ele fechou o livro, devolveu-o ao assistente e assentou-se. Na sinagoga todos tinham os olhos fitos nele; e ele começou a dizer-lhes: Hoje se cumpriu a Escritura que vocês acabaram de ouvir, (Lucas 4:18-21). E a prova real desta unção, e que em nenhum tempo ou história da humanidade, houve unção como esta, a do Cristo (Ungido) de Deus.

Nenhum dos profetas, nem reis, nem sacerdotes diante da unção que receberam, foram dignos de se comparar a Cristo, o Ungido de Deus. A prova disso, de que, esta unção foi divina, é que os que se chegam a Ele, o Cristo, também recebem de Sua essência, Sua unção, e Sua vida. Veja o que diz as escrituras: Quanto a vós outros, a unção que dele recebestes permanece em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine... 1João 2.27.
Esta unção não só dá testemunho dEle, mas, capacita seus seguidores, verdadeiros cristãos, ungidos não com óleo, nem por homem algum, mas pelo seu Espirito. Esta unção que dEle recebemos nos leva a fazê-LO conhecido entre gregos e troianos, judeus e gentios, e em toda terra como um dia ele nos ordenou. Mateus 28.

E até hoje, mais de 2000 mil anos, seus ministros e seguidores fieis dão testemunho de seu poder, honra e majestade. Aqueles que foram consagrados pelo Cristo (Ungido) de Deus, não somente o honram com voz, com sua vida, com Palavras, porém com toda disposição da alma, se livrando do mundo, e deste evangelho barateado que temos visto ultimamente. Sendo cristãos, pequenos cristos (ungidos) do Senhor, não vivem segundo o curso deste mundo, mas, estima até o martírio do que a própria vida por Ele, o Cristo (Ungido) de Deus, se for necessário.

 

Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém. Romanos 11:36

Há quem pense ao contrário, porém não o pode pensar escrituristicamente, fundamentos de homens não tem alvará de Deus, nem das escrituras.
E a escritura diz: Porque nada podemos contra a verdade, senão pela verdade. 2 Coríntios 13:8

 

Deus abençoe.

 

Pr. Adélcio Ferreira – IBP – São Lourenço - MG

Copyright © 2018 / Igreja Batista da Provisão. Todos os direitos Reservados. Permitida a reprodução/publicação de textos, artigos e afins, desde que citada a fonte. Logos e registros da IBP é de uso restrito e exclusivo da Igreja Batista da Provisão.