O dia de finados 

Os mortos não louvam ao Senhor, nem os que descem ao silêncio. Mas nós bendiremos ao Senhor, desde agora e para sempre. Louvai ao Senhor! Salmos 115:17-18 / Bíblia Almeida Revista e Corrigida 2009 (ARC)

 

Em 2 de novembro, muitas pessoas comemoram o Dia de Finados, data criada para homenagear os entes queridos que já faleceram. Também nesta data alguns tiram para descansar, viajar etc.

No início da história da Igreja, os cristãos rejeitavam totalmente a ideia de relacionamento com mortos, seja para consulta (Necromancia), seja para chorar em seus túmulos. Nessa época, o pensamento predominante era o de que as almas simplesmente ficariam aguardando até o momento do julgamento final, e/ou a vinda de Cristo. No entanto, ao mesmo tempo em que o cristianismo era difundido pela Europa, acabava anexando elementos de outras culturas. Acredita-se que a tradição do Dia de Finados tenha surgido a partir dos celtas, povos que acreditavam na vida após a morte e separavam uma data anual para homenagear e evocar os mortos. Cada país, povo ou cultura tem seu modo de pensar, ou sua religião que os instrui dentro de datas que possam fazer algum sentido, nas obras ou sentimento religioso professado por estes.

 

Brasil por exemplo aprendemos desde criança a cultura e religiosidade Romana onde se faz referência a este dia como um dia de visitar ou até em motivo de honra fazer homenagens aos mortos, visitas a cemitérios e túmulos onde se encontra um parente enterrado, um amigo ou vizinho que já partiu desta vida. Na realidade é um dia de relembrar a triste partida de alguém para muitos.

 

Já, os mexicanos prestam homenagens a seus parentes mortos com festa regada a bolos, doces e muita música, e muita fantasia de imaginação popular. As origens das comemorações são anteriores à chegada dos espanhóis ao país e têm como base uma crença dos Maias e dos astecas em que os mortos voltam à Terra um dia a cada ano para visitar seus entes queridos. Também relacionada a dama da morte. No México começa com o dia das bruxas 31 de outubro e termina no dia 02 de novembro o dia de finados.

 

Assim com base em que conhecemos e atualizando informações por alguns sites confiáveis, é assim que estes pelo menos dois países fazer sua comemoração aos mortos, incitados por costumes pagãos. Um comemora de um modo ao extremo do outro. Enquanto se chora no Brasil se faz festa no México. A bíblia nos ensina a amar o nosso próximo, e acredito que esta seja a melhor homenagem feita a alguém em qualquer data. Presentear, fazer o bem sem olhar a quem, será a melhor maneira de dizer que você se importa, que você ama, e tem carinho pela outra pessoa. Não sou contra aos que tomam tal atitude neste dia de finados. Afinal como visto acima, sentimento cada um tem o seu.

 

Porém, se não tem tal costume, saiba que não peca ao ser assim. A bíblia diz: Tende cuidado, para que ninguém vos faça presa sua, por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e não segundo Cristo; Porque nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade; E estais perfeitos nele, que é a cabeça de todo o principado e potestade; Colossenses 2:8-10. Acredito desta forma, se alguém faz não julgue o que não faz. E se alguém não faz não julgue o que faz. Em Cristo somos livres.

Ame, presenteie, abrace, honre a quem ainda está vivo. Pois após a morte a consciência deste mundo cessará, e a bíblia diz que só resta um Juízo.

E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo, Hebreus 9:27

 

Pr. Adélcio Ferreira – IBP - MG

Fontes: Revista de escola Bíblica / Sites confiáveis

Copyright © 2018 / Igreja Batista da Provisão. Todos os direitos Reservados. Permitida a reprodução/publicação de textos, artigos e afins, desde que citada a fonte. Logos e registros da IBP é de uso restrito e exclusivo da Igreja Batista da Provisão.