Edficando sobre fundamento alheio. O que seria?

EDIFICAR SOBRE FUNDAMENTO ALHEIO.


Você sabe o que o título acima quer dizer, sem ter que forçar a escritura a dizer o que ela não está dizendo? 
Será que Paulo estava falando dele mesmo, ficou maluco? Pois ele estava em Roma e não pregou lá...
Alguns podem até utilizar-se de textos bíblicos para dizer o que eles quiserem mostrar, porém ser fiel ao texto é o trabalho de todo bom pastor / líder ou teólogo. Veja os que estes textos abaixo dizem:

 

Romanos 15.20. Sempre fiz questão de pregar o evangelho onde Cristo ainda não era conhecido, de forma que não estivesse edificando sobre alicerce de outro.


Coríntios 3:10-11, Segundo a graça de Deus que me foi dada, pus eu, como sábio arquiteto, o fundamento, e outro edifica sobre ele ; mas veja cada um como edifica sobre ele. Porque ninguém pode pôr outro fundamento além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo.


Vamos ao trabalho. O primeiro ponto é respeitar o que a bíblia quer dizer, e para isso será necessário saber o autor do texto, o apóstolo Paulo. Entendemos claramente que Paulo foi chamado para pregar aos gentios, os não judeus, conforme ele próprio declarou diversas vezes na escritura, que era um apostolo dos gentios. Ele foi um apostolo chamado para estabelecer o fundamento apostólico, e fundamentar o reino de Deus através da Palavra de Cristo. Melhor dizendo: (A salvação pela GRAÇA mediante a FÉ em cristo Jesus).


Este também sabia que o reino de Deus não era só ele, mas também que os outros apóstolos de Cristo estavam estabelecendo o fundamento do reino de Deus em outros lugares, como ele declarou aos Efésios, Portanto, vocês já não são estrangeiros nem forasteiros, mas concidadãos dos santos e membros da família de Deus, edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, tendo Jesus Cristo como pedra angular, Efésios 2:19-20.
Por isso acredito e respeito o texto quando ele diz que não estava indo onde os apóstolos já tinham ido. Porém, precisamos saber exatamente o que ele, o apóstolo quis dizer. Pois seu chamado não era edificar, mais abrir outras frentes de trabalho do reino de Deus. Ele não tinha um chamado para apascentar o rebanho, porém seu chamado era evangelizar onde Cristo ainda não era conhecido, plantar igrejas.


No comentário bíblico de Romanos 15:20 da Bíblia de Estudo Palavra Chave, diz o seguinte: O objetivo de Paulo era alcançar aqueles que nunca haviam ouvido o evangelho – a função principal de um evangelista. Entretanto, para pastores e mestres, construir sobre a fundação estabelecida por esse tipo de evangelista é a parte mais importante do ministério deles (1 Co 3.6)”


Então, é necessário que alguém edifique sobre o fundamento, não necessariamente aquele que estabeleceu o fundamento, mas fundamento posto pelos apóstolos. Como começou a acontecer em todas as igrejas de Deus. Nomeação de diáconos, presbíteros e pastores para edificar sobre o fundamento posto pelos apóstolos. Ele mesmo, Paulo elegia pessoas para edificar sobres seus fundamentos. (Verdades Bíblicas ensinadas). Vejamos o que diz a palavra edificar...


Edificar – do grego (oikodomeo), possui alguns significados, dentre eles citamos: 
1 / Edificar uma construção a partir da fundação, uma edificação de pedra e cal; 
2/ Fundar, estabelecer; 
3/ Promover crescimento em sabedoria cristã, afeição, graça, virtude, santidade, bem aventurança.
Os irmãos aqui da cidade de São Lourenço já deve ter notado que meus sermões sempre trazem 3 pontos chaves de interpretação de textos Bíblicos.


Aqui, diante do texto original fica óbvio que a intenção de Paulo, era afirmar que não tinha intensão de promover o crescimento em sabedoria cristã, afeição, graça, virtude, santidade e bem aventurança sobre fundamentos estabelecidos por outros dos apóstolos. Não era este seu chamado. Mesmo por que a igreja em Roma, não foi estabelecida por Paulo. Estaria ele edificando em fundamento alheio? Claro que não. 
Paulo sabia que a igreja em Roma foi fundamentada por alguém antes dele. E Ele, Paulo mesmo assim escreveu essa carta aos romanos, ainda que seu fundamento (o da Igreja em Roma no 1º século) tenha sido estabelecido por outros, e não pelo próprio Paulo.


Bom...será que tivemos a compreensão correta do texto. Pelo menos estou inteiramente satisfeito com o que a escritura me diz. Porém alguns ainda desconhecem a realidade deste texto, tentando força-lo a dizer outra coisa.
Santo Agostinho, teólogo e pai da Igreja disse: (Quando leio a Bíblia e quero que ela diga o que eu desejo que a Bíblia diga, ela não é mais minha regra de fé e pratica. E portanto não é mais a Palavra de Deus para minha Vida).
Quero que vocês saibam, irmãos, que muitas vezes planejei visitá-los, mas fui impedido de fazê-lo até agora. Meu propósito é colher algum fruto entre vocês, assim como tenho colhido entre os demais gentios. Romanos 1:13
O desejo do apostolo Paulo era estar em Roma para comunicar algum dom espiritual, para edificar sobre um fundamento que não estabeleceu.


Portanto meus amados irmãos, como disse acima, a bíblia nas mãos de religiosos, ela diz o que eles querem que a Bíblia diga. É necessário coragem e obediência a Deus, e ao seu Espirito Santo para respeitar o texto diante de uma exposição bíblica. 


Deus abençoe, agora você já sabe o que Paulo quis dizer com edificar sobre fundamento alheio.
 

Sola Scriptura.


Pr. Adélcio Ferreira – IBP- São Lourenço - MG

Copyright © 2018 / Igreja Batista da Provisão. Todos os direitos Reservados. Permitida a reprodução/publicação de textos, artigos e afins, desde que citada a fonte. Logos e registros da IBP é de uso restrito e exclusivo da Igreja Batista da Provisão.