POR QUE A TRIBO DE DÃ NÃO ESTÁ NA CONTAGEM DE APOCALIPSE 7

 

As doze tribos de Israel são contadas em Gênesis e temos sim a ausência de 2 tribos em apocalipse 7

Em Gênesis 35:23-26 os filhos de Jacó eram contados doze em número e seus nomes eram foram: Ruben / Simeão / Leví / Judá / Issacar / Zebulon, José / Benjamin / Dã / Naftali / Gade e Aser. Estes são os doze filhos de Jacó (Jacó – no texto grego da Septuaginta, Ἰακώβ – é traduzido como “aquele que segura pelo calcanhar”. Tomando como referência a mesma fonte, Israel – no grego, Ἰσραήλ - é traduzido como “aquele que lutou com Deus”) que futuramente se tornaram as doze tribos de Israel com uma exceção, o seu filho José que não teve uma tribo com o seu nome, os dois filhos de José receberam a honra de formarem as tribos de Manassés e Efraim, vamos entende relendo os textos bíblicos citados a seguir. Sabemos, pela leitura bíblica que naturalmente isto era necessário pois Levi / ou a tribo de Levi, foi separado por Deus para o sacerdócio.

Quando Israel deixou o Egito e Deus lhes deu o Tabernáculo no deserto, encontramos a tribo de Levi, tribo sacerdotal para oficiar o trabalho no tabernáculo e ministrar o culto, ou a adoração à Deus, bem como os sacríficos para a, e com as doze tribos de Ruben, Simeão, Issacar, Judá, Zebulon, Benjamin, Dã, Naftali, Gade, Aser, Efraim e Manassés.

A ordem dos nomes das tribos é esta, quando lemos Números 10: 11- 28. Não iremos encontrar descrito aí menção de José e Leví. Mas quando olhamos em Apocalipse 7:4-8, onde diz que eram cento e quarenta mil assinalados, de todas as tribos dos filhos de Israel, temos estes nomes: Judá, Ruben, Gade, Aser, Naftali, Manassés, Simeão, Leví, Issacar, Zebulon, José, Benjamin. Encontramos aqui as doze tribos com Leví e José nomeados entre elas, seria uma contradição, um erro bíblico na hora da tradução, pois Dã e Efraim faltando. Por que Dã e Efraim estão faltando aqui perguntou-me a minha esposa, ou não são contados no Apocalipse?

 

A resposta que ontem deixei incompleta aos irmãos em nosso do grupo foi do Rabino Yechiel Litchtenstein, porém esta, que hoje descrevo aqui foi uma resposta minha dada a uma testemunha de Jeová, ainda novo convertido, porém na correria disse a minha esposa, que estava atrasado ao trabalho, logo faria um texto expondo esta falta em apocalipse da tribo de Dã. Poderemos ver descrita a resposta a esta pergunta em (Deuteronômio 29:16-2), Veja: “Porque vós sabeis como habitamos na terra do Egito, e como passamos pelo meio das nações, pelas quais passastes; e vistes as suas abominações e os seus ídolos, o pau e a pedra, a prata e o ouro que havia entre eles. Para que entre vós não haja homem, nem mulher, nem família, nem (tribo), cujo coração hoje se desvie do Senhor nosso Deus, e vá servir aos deuses destas nações; para que entre vós não haja raiz que dê fel e absinto, e aconteça que ouvindo as palavras desta maldição, se abençoe no seu coração dizendo: Terei paz, ainda que ande conforme ao bom parecer do meu coração, para acrescentar a sede à bebedice; o Senhor não lhe quererá perdoar, mas então fumegará a ira do Senhor e do seu zelo sobre o tal homem toda a (maldição escrita neste livro jazerá sobre ele, e o Senhor apagará o seu nome de debaixo do céu)”.

Aqui se encontra uma maldição pelo próprio senhor nosso Deus, contra a idolatria, ou fornicação espiritual. A tribo, ou povo que se voltava a tais práticas, diz o texto que seu nome seria riscado de debaixo do céu, tirado. Hoje claro sendo ajudado pelo texto que o Rabino escreve, temos maior fundamento.

Caso queira conferir, a história destas duas tribos cujos nomes foram retirados da contagem de Apocalipse, poderemos ler aqui em I Reis 12:25-30: Vamos ao texto: “E Jeroboão edificou a Siquem, no monte de Efraim, e habitou alí; e saiu dali, e edificou a Penuel. E disse Jeroboão no seu coração: Agora tornará o reino à casa de Davi. Se este povo subir para fazer sacrifícios na casa do Senhor, em Jerusalém, o coração deste povo se tornará a seu senhor, a Roboão, rei de Judá; e me matarão, e tornarão a Roboão, rei de Judá. Pelo que o rei tomou conselho, e fez dois bezerros de ouro; e lhes disse: Muito trabalho vos será o subir a Jerusalém; vês aqui teus deuses, ó Israel, que te fizeram subir da terra do Egito.

O pecado de Jeroboão, estive explicando a um de nossos irmãos neste dia 16-04-2019, incluindo assim o pecado de idolatria à Efraim e Dã. Após fazer os ídolos, Jeroboão colocou um em Betel, e colocou outro em Dã. E este feito se tornou em pecado, Oseias o profeta, diz em seu livro: Ainda que tu, ó Israel, queiras prostituir-te, contudo não se faça culpado Judá; não venhais a Gilgal, e não subais a Bete-Áven, e não jureis, dizendo: Vive o Senhor. Porque como uma novilha obstinada se rebelou Israel; agora o Senhor os apascentará como a um cordeiro num lugar espaçoso. (Efraim está entregue aos ídolos; deixa-o.) Oséias 4:15-17

O castigo e o pecado de idolatria deveria ser apagado de “debaixo do céu”. Veja o que diz a Bíblia: O Senhor não lhe quererá perdoar; mas fumegará a ira do Senhor e o seu zelo contra esse homem, e toda a maldição escrita neste livro pousará sobre ele; e o Senhor apagará o seu nome de debaixo do céu. Deuteronômio 29:20

Então dentro dos 144.000 em apocalipse, podemos observar que Dã e Efraim não estão nesse número.

 

Voltemos aos 144 mil escolhidos de Apocalipse

Apocalipse 7:4-8, “E ouvi o número dos assinalados e eram 144.000 assinalados, de todas as tribos dos filhos de Israel. Da tribo de Judá, havia doze mil assinalados; da tribo de Ruben, doze mil; da tribo de Gade, doze mil; da tribo de Aser, doze mil, da tribo de Naftali, doze mil; da tribo de Manassés, doze mil; da tribo de Simeão, doze mil; da tribo de Leví, doze mil; da tribo de Issacar, doze mil; da tribo de Zebulom, doze mil; da tribo de José, doze mil; da tribo de Benjamim, doze mil”. (Dã e Efraim não são contados, estão ausentes).

No livro do profeta Daniel capitulo 12 se refere a estes 144.000 sendo selados durante o sexto selo e o tempo da Grande Tribulação, pois assim cremos, outros creem diferente acerca da escatologia bíblica. “E naquele tempo se levantará Miguel, o grande príncipe, que se levanta pelos filhos do teu povo, e haverá um tempo de angústia, qual nunca houve, desde que houve nação até aquele tempo; mas naquele tempo livrar-se-á o teu povo, todo aquele que se achar escrito no Livro”. Portanto, depois deste período de tribulação (durante o milênio, pois somos crentes no milênio como disse acima, outros creem diferente), visto também pelo profeta Ezequiel capitulo 48. 22-29 vemos as tribos nomeadas novamente.

Porém, Efraim e Dã se ajuntaram aos ídolos, eles morreram e estas tribos não são mais reconhecidas como tribos. Acreditamos que desde a destruição de Jerusalém, este registro das tribos possa ter sido perdido, somente Judeus criteriosos e estudiosos da Torá com certeza poderia nos ajudar hoje, porém penso que até eles têm dificuldade para saber a qual tribo pertence, ou de qual tribo é, mas Deus sabe exatamente isso, com certeza. Este poderoso Deus que está levando Israel, o seu povo de volta à Palestina, sabe exatamente a qual tribo cada israelita ou Judeu hoje existente, pertence, e de toda congregação dos 144.000 Dã e Efraim, foram excluídos por se entregarem a idolatria e a luxuria.

 

No texto de nosso grupo fiz um acrescento até dizendo...

Nós a igreja devemos cuidar muito bem daquilo que Deus nos deu. Pois se pensarmos como alguns estão pensando (DEUS É AMOR) poderemos cair no mesmo erro das tribos de Dã e Efraim. Uma advertência à Igreja do século 21 é:  Portanto, aquele que pensa que está de pé é melhor ter cuidado para não cair. 1 Coríntios 10.12

 

Deus abençoe.

Pr. Adélcio Ferreira – IBP – São Lourenço

Copyright © 2018 / Igreja Batista da Provisão. Todos os direitos Reservados. Permitida a reprodução/publicação de textos, artigos e afins, desde que citada a fonte. Logos e registros da IBP é de uso restrito e exclusivo da Igreja Batista da Provisão.