OS CINCO PILARES DA REFORMA PROTESTANTE

Cinco solas são frases latinas que definem princípios fundamentais da Reforma Protestante em contradição com os ensinamentos daIgreja Católica Romana. A palavra latina "sola" significa "somente" em português. Os cinco solas sintetizam os credos teológicos básicos dos reformadores, pilares os quais creram ser essenciais da vida e prática cristã. Todos os cinco implicitamente rejeitam ou se contrapõem aos ensinamentos da então dominante Igreja Romana, a qual tinha, na mente dos reformadores, usurpado atributos divinos ou qualidades para a Igreja e sua hierarquia, especialmente seu superior, o Papa.

Sola Scriptura (cujo significado é "somente a Escritura") Nada de tradição humana-judaica ou algo mais que tente de alguma forma ser acoplado as Escrituras. A Bíblia deve ser a única regra de fé e conduta para o cristão e para a igreja do Senhor

Sola fide é o ensinamento de que a fé em Jesus Cristo, sem qualquer interferência ou necessidade de boas obras é suficiente para nossa Salvação. Embora na teologia protestante a luz dos escritos de Tiago , podemos assim classificar, que a fé salvadora é sempre evidenciada, mas não determinada, pelas boas obras.

Solus Christus ou Solo Christo é o ensinamento de que Cristo é o único mediador entre Deus e a humanidade, e que não há salvação através de nenhum outro. Nem em Pedro/nem em João nem Maria etc. A Salvação somente pode ser adquirida por meio de um único salvador. (Cristo somente.Nada a mais/nada a menos) A OBRA DA SALVAÇÃO FOI EFETUADA SOMENTE POR ELE. JESUS CRISTO. O que significa que a salvação é "somente por meio Cristo.

Sola Gratia é um dos cinco solas propostos pelos reformadores para resumir as crenças fundamentais do cristianismo. Esta expressão latina significa: "Graça somente", a ênfase se dava em razão da doutrina católica vigente de que as boas obras ajudariam na salvação do homem. Durante a Reforma Protestante, os líderes protestantes e os teólogos geralmente concordavam que a doutrina da salvação da Igreja Católica Romana seria uma mistura de confiança na graça de Deus e confiança no mérito de suas próprias obras, comportamento este chamado pelos protestantes de sinergismo. A posição reformada é a de que a salvação é inteiramente condicionada a ação da graça de Deus, ou seja, só a graça através da regeneração unicamente promovida pelo Espírito Santo, em conjunto com a obra redentora de Jesus Cristo.

Soli Deo Gloria é o ensinamento de que toda a glória é devida somente a Deus, pois a salvação é realizada unicamente através de sua vontade e ação e não só da toda suficiente expiação de nossos pecados por Jesus na cruz, mas também o dom da fé em que é criada no coração do crente pelo Espírito Santo. Os reformadores acreditavam que os seres humanos, mesmo santos canonizados pela Igreja Católica Romana, os papas e a hierarquia eclesiástica não eram dignos da glória que lhes foi concedida, isto é, não se deve exaltar tais pessoas por suas boas obras, mas sim louvar e dar glória a Deus, que é o autor e santificador dessas pessoas e suas boas obras. Nem devemos nos dirigir a qualquer criaturas e/ou coisas criadas por Ele com pretexto de divinização. Somente Deus é Digno de toda Honra e Gloria.
DEUS ABENÇOE.

Enviar comentário

voltar para Palavra Pastoral

left show fwR|left tsN uppercase fwB|left show fwB fsN uppercase|bnull|||news login fwB tsN fwR tsY c05|normalcase fwR c15 fsI|b01 c05 bsd|login news c10|tsN normalcase fwR fsI c15 b01 bsd|signup b01 normalcase bsd c05|content-inner|left show fwR|news fl login fwB tsN fwR tsY c05