NÃO VOS CONFORMEIS COM ESTE SECULO

Publicado em 18/03/2015 às 08h38

 

 

 

 

 

 

O Justo Juiz

Com Deus, não há acepção de pessoas. Pedro entendeu esse fato quando pregou, pela primeira vez, aos gentios (Atos 10:34). Escrevendo sua carta aos Romanos Paulo reafirmou a mesma verdade quando falou da necessidade universal do evangelho (Rm1.16). Assim, embora não possuam a lei em servidão a ela, eles têm as exigências da lei em seus corações, pois Deus as colocou ali. Paulo está se referindo ao fato de que a obra da lei  (no sentido literal), as suas exigências  as suas normas, suas implicações foram escritas nos corações de todos os seres humanos pelo Criador (Rm2.15-16). O fato de Deus ter gravado a sua lei em nossos corações através da criação significa que nós temos algum conhecimento dela. Quando, ao fazer de cada um de nós uma nova criatura (pela conversão), Ele escreve a sua lei em nosso coração, dá-nos também amor por ela e condições para obedecê-la.Quanto aos que são da velha natureza ou velha criatura como a Biblia diz, serão julgados pela sua consciência. Ou será possível que até uma pessoa não convertida fica sem compreender que isso que esta acima no video é uma aberração diante da humanidade.

Pr. Adélcio Ferreira

E depois destas coisas vi descer do céu outro anjo, que tinha grande poder, e a terra foi iluminada com a sua glória.
E clamou fortemente com grande voz, dizendo: Caiu, caiu a grande Babilônia, e se tornou morada de demônios, e coito de todo espírito imundo, e coito de toda ave imunda e odiável.
Porque todas as nações beberam do vinho da ira da sua fornicação, e os reis da terra fornicaram com ela; e os mercadores da terra se enriqueceram com a abundância de suas delícias.
E ouvi outra voz do céu, que dizia: Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas.
Porque já os seus pecados se acumularam até ao céu, e Deus se lembrou das iniqüidades dela.
Tornai-lhe a dar como ela vos tem dado, e retribuí-lhe em dobro conforme as suas obras; no cálice em que vos deu de beber, dai-lhe a ela em dobro.
Quanto ela se glorificou, e em delícias esteve, foi-lhe outro tanto de tormento e pranto; porque diz em seu coração: Estou assentada como rainha, e não sou viúva, e não verei o pranto.
Portanto, num dia virão as suas pragas, a morte, e o pranto, e a fome; e será queimada no fogo; porque é forte o Senhor Deus que a julga.
E os reis da terra, que fornicaram com ela, e viveram em delícias, a chorarão, e sobre ela prantearão, quando virem a fumaça do seu incêndio;
Estando de longe pelo temor do seu tormento, dizendo: Ai! ai daquela grande cidade de Babilônia, aquela forte cidade! pois em uma hora veio o seu juízo.

Apocalipse 18:1-10

 

Imprimir

Enviar comentário

voltar para Palavra Pastoral

left show fwR|left tsN uppercase fwB|left show fwB fsN uppercase|bnull|||news login fwB tsN fwR tsY c05|c15 fsN normalcase fwB|b01 c05 bsd|login news c10|tsN normalcase fwR fsI c15 b01 bsd|signup b01 normalcase bsd c05|content-inner|left show fwR|news fl login fwB tsN fwR tsY c05